owl

terça-feira, 4 de agosto de 2015

O Segredo da Xoxota

Aquela mulher linda e totalmente independente está deitada no sofá super-mega-confortável de sua casa assistindo "mulheres desesperadamente ricas" e sonhando com uma vida assim, quando de repente invade aquela vontade de ir no banheiro fazer aquele pipi básico da meia-noite.
De repente um grito sufocado saiu por entre seus dentes, o coraçao dispara, ela começa a suar, as pernas começam a tremer, as maos tremem e ela nao pode acreditar no que está passando.
Nao pode gritar de verdade porque acordaria todos os vizinhos, nao pode gritar e despertar o marido porque pode provocar um infarto no pobre, ela se derrumbou, caiu no chao do banheiro e chorou, chorou como se nao houvesse amanha. Chorou até as tres da manha, quando consegiu se acalmar, tomar um banho para tentar "esfriar" a cabeça que parecia que ia explodir.
O mundo perfeito daquela mulher desmoronou. Para quem contar? Nao podia dizer ao marido? Nao podia chamar ninguém para pedir um conselho ou apenas chorar. Ninguém entenderia.
respirou profundamente, voltou no banheiro, buscou novamente e ali estava, nao tinha erro, era uma realidade.
Nao dormiu toda a noite, na manha seguinte o marido acorda descansado e cheio de amor para dar, ela provoca uma briga com ele. Nao ia conseguir esconder seu segredo por muito tempo, tinha que contar para alguém, alguém tinha que ajudá-la, buscou na internet e nao encontrava ninguém que explicasse a razao do sucedido sem fazer palhaçadas e risos. Passados três dias depois do ocorrido, ela sem conseguir dormir, buscando um meio de encontrar soluçao para o problema, resolve contar para sua melhor amiga. Pela manha o marido saiu e ela aproveitou e ligou para a amiga psicóloga.

- (chorando) Oi amiga.

Amiga Psicóloga (AP): Meu Deus que passou? o que te aconteceu?

- Nao sei como te dizer

- (AP): Diz! por favor, o que aconteceu nunca te vi assim

- É vergonhoso

- (AP): Nao importa, pro bem ou pro mal estamos juntas, que passou?

- Nao sei se meu marido vai me querer depois disso, mas preciso contar

- (AP): Traístes ele? Ele desconfia? Já sabe? Pediu o divórcio?

- Nao, nada disso, mas creio que agora necessito mais que nunca das próteses de silicone que venho a tempo tentando colocar

- (AP): esse FDP tá te traindo com outra? Deixa ele já!

- Nao, nao está me traindo, mas necessito essas próteses já, preciso voltar a me sentir mulher e quando olhar para baixo a única coisa que quero ver é meus peitos gigantes (gritando e chorando e falando quase inintelígivel)

- (AP): espera, vamos respirar as duas profundamente, 1, 2, 3 aaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhh. bem agora vamos fazer oooooowwwwwwwnnnnnnnnnnnnnn, eso, solta todo o ar do diafragma junto comigo. Vamos começar do início.
Teu marido nao tem uma amante, tu nao tens um amante, nenhum dos dois quer separar, pelo visto nao morreu ninguém da família, porque a prótese de silicone nao encaixa com isso, racionalizando bem e buscando sentido nas coisas, o que aconteceu de verdade? para que queres colocar a prótese de silicone nos seios? sempre has adiado essa cirurgia.

- Nao quero mais ver minha xoxota! Nunca mais, tenho ODIO da minha xoxota!

- (AP): Como? Que dizes? Que loucura é essa?

- O que eu vou te contar tu jamais na vida vais dizer a ninguém, será um segredo que tu levas para a tumba.

- (AP) O coraçao palpitando, suando, nervosa, pensando o que podería ser tao terrível a ponto de querer colocar silicone nos seios para nao olhar para a xoxota, o pânico já estava instalado. Dor de amigo é como se fosse própria e ainda mais para elas que se conheciam desde a infancia e tinham casado juntas e tinham tido filhos quase na mesma época. A voz saiu quase como um sussuro: Diz, o que aconteceu?

- Eu descobri um PÊLO BRANCO NA XOXOTA! e caiu convulsivamente no choro novamente.

- (AP): silencio absoluto desse lado da linha, nao falava, nao acreditava no que estava ouvindo, ficou em branco, nunca na vida pensou que os cabelos da xoxota ficavam brancos. Nunca em seus 20 anos como terapeuta escutou história semelhante. Foi um choque absoluto, letal. Olhou para baixo, as duas tinham só um ano de difereça na idade, será que eu também terei? pensou. E depois desse silencio longo e profundo disse? Tu tens certeza? Nao é só impressao tua?

- NNNNNNNNNNNNNNNAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAOOOOOOOOOOOOOO, é real está aquiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! olha o teu telefone

-(AP): o celular faz som de que recebeu uma mensagem, sem saber que fazer vai ver o que é, e através do whatsapp a amiga desesperada envia uma foto da xoxota e bem ali se vê aquele MONSTRO BRANCO era real, os pêlos da xoxota podem ficar brancos. largou o telefone e correu pro banheiro, pegou a lanterna super potente do marido, acendeu todas as luzes do banheiro e focou bem emcima da sua propia xoxota, quando percebeu a neurose que a outra estava instalando nela, largou tudo no banheiro e voltou para o telefone.

(AP) FDP me deixa já, nao vou contar pra ninguém do pêlo da tua xoxota, mas uma coisa é certa, deixa passar a minha raiva de ti por me fazer pensar nessa merda que eu nunca havia pensado na vida e volto a falar contigo. plim plim plim desligou o telefone.

Conclusao: Você pode entender perfeitamente o outro, o sofrimento dele, mas têm coisas que quando afectam diretamente você, e estás na casa dos 40  preferes nao descobrir antes do tempo.

beijos

D. Patifa



Um comentário:

  1. Ora, os pelos brancos deixem a xoxota mais respeitável!

    Pi

    ResponderExcluir